quarta-feira, 26 de julho de 2017

Resenha do primeiro livro da Saga Lux Obsidiana

Oi Gente, Bom dia!!!!

Pra quem está procurando ler um romance cheio de mistério, que faça virar a noite lendo, tenho um livro ótimo que terminei de ler... É o primeiro livro da "Saga Lux" da Autora Jennifer L. Armentrout o nome dele é "Obsidiana".

Fala sério! O livro é o máximo!!! Lógico que o livro tem lá seus clichês né?! Mas convenhamos que as vezes o clichê é o arroz e o feijão de quase todos os escritores. Francamente na minha opinião são este clichês que dá o charme na história, ela é envolvente, misteriosa e tem algumas partes, que sério, chego a ficar com frio de tão nervosa que fico... rsrsr 

Foto: Divulgação Livro Obsidiana Saga Lux

O livro é narrado pela protagonista Katy, ela tem 17 anos e após a morte de seu pai ela e sua mãe se mudam para Ketterman, no meio oeste da Virgínia. É uma cidadezinha pequena onde todo mundo conhece todo mundo! O que é uma Droga né?! Por que fala sério, cidade pequena é um zero à esquerda... todo mundo fala da vida de todo mundo!!! Ninguém sabe o que é cuidar da sua própria vida. Pois é, assim era Ketterman.

Katy é uma Blogueira literária, vive para os livros e a escola. Não tem lá uma vida social, prefere fica com seus livros. Depois da mudança sua mãe consegue emprego em dois hospitais na cidade vizinha, então ela não tem muito tempo para fica com a filha. Como Katy sempre foi muito responsável para sua idade, ficar sozinha não era um problema.

Com a insistência da sua mãe para que ela fizesse amizade com os novos vizinhos, ela decide ir a casa dos vizinhos ao lado e pedir a informação do caminho mais rápido para o mercado (Estava na cara que era um pretexto, mas valeu). Ela estava vestindo uma camisa com a seguinte frase "Meu blog é melhor que o seu Vlog"
Ela chegou na varanda e bateu na porta, pouco tempo depois aparece na porta o cara mais gato e gostoso, com o corpo mais lindo que ela já havia visto e sem camiseta!!! E os olhos?? Afff!!! Meu Deus! Seus olhos eram de um verde que não parecia real.

Tipo, Gente?!! Como vocês reagiria perante uma visão desta? Ficariam sem palavras e paralisada admirando a vista como uma boba?! Pois bem, foi assim que Katy ficou... Quando ela encontrou a sua voz para dizer que só queria uma informação, ela já estava mudando de ideia com relação a seu vizinho. Ele poderia até ser lindo de morrer, mas era um verdadeiro babaca.

"Por um instante, tudo o que consegui fazer foi olhar para ele. Era provavelmente o cara mais gato que eu já tinha visto em carne e osso, mas era também um completo babaca. Vai entender"

A cada coisa que Katy falava ele dava um jeito de dar um fora nela, deixando a super hiper irritada. Ele era muito arrogante! Mas enfim, ela conseguiu a informação que queria mesmo querendo matar seu vizinho.

Quando chegou na loja começou a fazer suas compras e foi surpreendida por uma garota linda, realmente linda. Seu nome era Dee e adivinhem? Irmã do grosseirão do seu vizinho. Ao contrário do irmão, Dee era um doce e logo ficaram amigas. Dee à ajudou com as compras e também com os canteiros do jardim da casa de Katy.

Só que não seria tão fácil ser amiga de Dee, seu irmão Daemon não aprovava esta amizade e deixava isso bem claro. Dee queria muito a amizade de Katy, e escondeu a chave do carro do seu irmão como castigo por ele ser tão babaca com Katy. A condição para devolver a chave era sair com a Katy. Então ele a convidou para ir a um lago nadar. Quando chegaram lá, por alguns instantes, parecia que ele realmente estava curtindo sair com a Katy, o que não durava muito e ele logo assumia sua postura de "babaca".

Depois de irem ao lago juntos, eles sairão mais algumas vezes, e a atração entre eles ficava cada vez mais evidente, mas ambos negavam e resistiam. Certa noite Daemon salvou Katy de um "assassino" e na noite seguinte ele a chamou para visitar o lago e quando chegaram lá, ele disse que, para o bem de sua irmã, era melhor a Katy se afastar. Ela não era boa companhia para Dee. 

Muito brava e com raiva de Daemon, Katy sai correndo pela floresta no escuro e chorando e quando chegou na rodovia, sabe deus como, ela foi surpreendida com os faróis de um caminhão que estava preste a atropela-la.

" Mas impacto nunca veio." Daemon havia congelado o caminhão. "De alguma maneira, ele tinha evitado que aquele caminhão me atropelasse. Parou um monstro de sete toneladas, que certamente quebraria cada osso do meu corpo, com o quê? Uma palavra? Um pensamento?"

Foi então que Katy descobriu que seu vizinho gato, era um alienígena! Ela pirou! Tipo, será que estava doida? Como assim? Ele parou um caminhão com a mente? Isso não é possível... Será???
Tantas perguntas que somente Daemon poderia responder. Então ele contou para Katy que ele e sua irmã eram alienígenas feito de luz (Os Lux) e viviam na terra a muito anos, e que além deles existiam muitos outros.

"Você não parece um extraterrestre. Achei importante chamar atenção para isso. Ele arqueou uma sobrancelha.
 — E como são os extraterrestres?
 — Não como você — soltei. — Eles não são lindos.
 — Você me acha lindo? — Daemon sorriu. "

Todas as vezes que um Lux usava seus poderes perto de humanos, eles ficavam iluminados como um farol atraindo a atenção de todos os outros aliens e também seus inimigos. Então como Daemon usou seus poderes perto de Katy ela corria perigo. Os inimigos dos Lux eram os Arum, eles eram feitos de escuridão e se alimentavam da luz dos Lux e cassavam os humanos para chegarem até eles.

Consequência disto Katy se viu obrigada a sempre ficar perto de Daemon para poder sobreviver. Mais até quando ela estaria a salvo perto de seus vizinhos aliens???  Ou ele a salvo dela??  Ela ainda queria matar ele por ser tão babaca!

Foto: Divulgação Editora Valentina
 Então gente já falei demais, e vou parar de contar a história para vocês poderem ler o livro. O que eu contei até agora é uma migalha comparada com todo o livro. Ele é muito instigante e a cada novo capitulo você se surpreende.

Fica muito difícil não se apaixonar por Daemon não só pela beleza, mas pelo conjunto da obra. Ele é arrogante, insuportável, bonito e inteligente. Confesso que as vezes eu tinha raiva dele, e eu queria entrar no livro e dar uns tapas nele. Cara!! Ele me tirava do sério mais me cativava ao mesmo tempo, a proteção que ele tinha com sua irmã, era louvável, pois ele já havia perdido alguém de sua família e não queria que acontecesse novamente.

 Katy por sua vez era uma nerd, como ela mesmo falava, bonita, uma garota normal, mas que não levava desaforo para casa. Ela sofreu muito a perda de seu pai então ela até entendia o Daemon ser super protetor com Dee, mais fala sério!! Acho que ela poderia ser um pouco mais dura com Daemon, mas faz parte. 

Katy é durona, tenta enfrentar as dificuldades de frente. Ela não se esconde atrás de Daemon, gosto disso nela. A sua força me surpreendeu, sua atitude e determinação, ela é uma verdadeira guerreira.

A combinação desses dois pode ser um clichê mais eu gosto! Me apaixonei pelos personagens. A história é muito bem escrita pela autora Jennifer, não me senti entediada ao ler, pelo contrário, era como se eu fizesse parte do livro, como se eu fosse uma personagem. Então isso me fez querer ler cada vez mais.

Eu super indico este livro!!!

Book Trailler



0 comentários:

Postar um comentário