terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Resenha do segundo livro da série A Cidade Solitária de Amy Ewing A Rosa Branca

Oi!!

Gente, como eu prometi vou falar para vocês sobre o segundo livro da "série A Cidade Solitária da Autora Amy Ewing A Rosa Branca". Este livro continua contando a história de Violet, sua luta contra uma vida de servidão, humilhação e um futuro que nunca havia desejado a si mesma e a ninguém. O livro é intenso, cheio de descobertas que ira explicar muitas coisas que até então não faziam sentido. No término do primeiro livro A Joia Violet esta em grande apuro e sem saber o que fará para sair desta situação a qual ela se encontrava, mas ele terá uma ajuda de extrema importância que sério, eu não esperava. Gente abaixo a sinopse do livro

Foto: Capa do livro
A Rosa Branca
Livro: A Rosa Branca #2
Série: A Cidade Solitária
Autor: Amy Ewing
Tradução: Debora Isidoro
Comprar: Saraiva Cultura Amazon
A CONTINUAÇÃO DE "A CIDADE SOLITÁRIA" PROMETE SER AINDA MAIS EMOCIONANTE
No livro A Joia, primeiro volume da série "A Cidade Solitária", Violet Lasting é comprada por uma das mulheres mais poderosas da realeza, a Duquesa do Lago, e vai viver com ela na Joia, o círculo onde mora toda a nobreza. Agora, Violet tem de fugir da Joia, do círculo nobre da Cidade Solitária para salvar a própria vida e a do seu amor, Ash. Junto com seu amado e Raven, sua melhor amiga, Violet tenta se libertar da terrível vida de servidão e crueldade. Só que ninguém disse que deixar a Joia seria fácil, e ela terá que passar por grandes obstáculos. No meio disso tudo, a jovem ainda descobre que há uma revolução sendo planejada contra a realeza e que seu papel nisso é fundamental. É hora de Violet descobrir que é muito mais poderosa do que sempre imaginou! A Rosa Branca é o segundo volume da trilogia "A Cidade Solitária" e traz novas e incríveis reviravoltas. Será impossível não ficar ansioso pelo último livro da saga. Fonte: Editora Leya

Este segundo livro começa no mesmo momento em que terminou o primeiro livro, onde o filho da Duquesa do lago Garnet, junto com Lucien ajuda Violet, seu amor Ash e sua melhor amiga Raven a fugir da Joia, mas como é esperado eles embarcam em uma aventura cheia de perigos e muito arriscada. O primeiro livro da trilogia distópica, foi muito bom a autora teve o cuidado de não deixar pontas soltas através da trama, apenas deixando a deixa para o próximo livro.

Violet, Ash depois de muita dificuldade, drama e um pouco de sorte consegue escapar da casa da Duquesa do lago com a ajuda de Garnet e se encontraram com Lucien no necrotério da joia para conseguirem escapar da joia e finalmente poderem ir para o lugar seguro que Lucien tanto fala. No necrotério eles conseguem salvar Raven e juntos tentaram passar pelos circulas da cidade Solitária, até chegarem ao seu destino final.

Foto: Editora Leya
Garnet sempre esta presente ajudando-os quando eles mais precisam, mas Violet descobre que não estão sozinhos nesta viagem, contam com a ajuda de muitas pessoas durante a fuga. Ash foi acusado de abusar de Violet e esta sendo procurado, tendo seu rosto espalhado pela cidade como procurando, dificultando ainda mais a fuga deles. A travessia de cada circulo me deixou com o coração na boca, e morrendo de medo, de que eles fossem descobertos, e não foi fácil, Raven estava gravida e muito perturbada, onde tinha momentos terríveis pois sofreu muito abuso e tinha apenas alguns momentos de lucidez.

Finalmente depois de muitos encontros e desencontros e apuros eles conseguiram chegar na fazenda chamada de A Rosa Branca, onde tudo da entender que estarão seguros. Durante o tempo que está na fazenda Violet descobre que é muito mais poderosa que pensava, e também aprendera a como realmente deve usar seus dons. Violet se depara com uma revolução contra A Joia, de pessoas que não estão satisfeitas com a maneira que a cidade é conduzida das desigualdades que vivem e também da miséria. 

O livro não é muito focado no romance de Violet, mas sim na revolução que se inicia, também é apresentado a nós a verdadeira história por traz da colonização da Cidade Solitária, e como ela chegou a ponto em que esta hoje, revelando segredos que sinceramente eu nunca imaginei que seria possível. Violet descobre a verdadeira raiz dos seus dons e ira usa-los para ajudar na revolução, com a ajuda de outras substitutas e da população. Assim como o primeiro livro terminou deixando ar um questão suspensa este também não foi diferente, me deixando extremamente curiosa para ler o próximo livro, que detalhe não tem previsão de lançamento no Brasil. 

Gente, gostei do livro a história foi muito boa, a autora Amy Ewing criou uma trama que prende a gente na frente do livro, fazendo devorar cada palavra com uma fome de saber sem querermos parar para respirar. Estou a espera ansiosa para o lançamento do ultimo livro desta trilogia distópica, e vocês o que acharam? comentem ai deixem sua opinião!

0 comentários:

Postar um comentário